Book review – The Night Portrait

eARC provided in exchange for an honest review

For as long as I can remember, I’ve been a History geek. Studying different events and their impact on the world, leading to where we are now, has always been very interesting to me.

Desde que me lembro que adoro História. Estudar vários eventos, o seu impacto no mundo e como nos trouxeram ao mundo que temos hoje, foi uma coisa que sempre me interessou.

As I studied History in school, I was always fascinated to learn about the various artistic currents that happened alongside it – because art and artists reflect the world through perspectives given to them by the circumstances they’re in. And so I’ve always admired the great Masters – even shedding a tear or two (ok several) when I first saw my absolute favourite painting of all time, itself intrinsically connected to History: Picasso’s Guernica.

Ao estudar História na escola, sempre me fascinaram as várias correntes artísticas que a acompanharam – porque a Arte e os Artistas refletem o mundo com as perspectivas que lhes são dadas pelas suas circunstâncias. E por isso sempre admirei os grandes Mestres – chegando mesmo a soltar uma ou duas (ok várias) lágrimas quando vi o meu quadro preferido de todos os tempos, ele próprio muito ligado à História: Guernica, de Picasso.

When I read the synopsis of Laura Morelli’s The Night Portrait, describing a “gripping, dual-timeline historical novel about one of Leonardo da Vinci’s most famous paintings and the woman who fought to save it from the Nazis“, I was instantly curious.

Quando li o resumo do livro The Night Portrait de Laura Morelli, que descreve um “emocionante romance histórico contada em duas épocas sobre um dos mais famosos quadros de Leonardo da Vinci e a mulher que lutou para o salvar dos Nazis”, fiquei logo curiosa.

The story is told through 4 voices in two timelines (the late 15th Century in Milan, and during WWII in Germany & Poland) and follows one of Leonardo da Vinci’s most beautiful and famous portraits, Lady with the Ermine – through the story of its subject and that of the woman who tried to save it from the Nazis.

A história é contada a 4 vozes em duas épocas (finais do século XV em Milão; e durante e Segunda Guerra Mundial na Alemanha e na Polónia) e segue uma das obras mais bonitas e conhecidas de Leonardo da Vinci, Dama com Arminho – através da história da mulher que o quadro representa, e a da mulher que, anos depois, o tentou salvar dos Nazis.

What jumped out to me was how the characters were multidimensional, with fears and internal conflicts about their journeys and decisions – which was especially interesting inthe part set in WWII.

O que me chamou a atenção foi o quão multidimensionais eram os personagens, com medos e conflitos internos sobre o seu percurso e as suas decisões – o que achei especialmente interessante na parte passada durante a Segunda Guerra Mundial.

I also thought it was really interesting how the book portrayed Cecilia Gallerani (the subject of da Vinci’s painting) and her strength and bravery in wanting to find her place in the world, and in Milan’s court. Her passion for art and culture are so beautifully detailed, it made me really curious to learn more about her life.

“I have come to accept that war is inevitable. Beauty is fleeting. Only love and art endure.”

Também achei muito interessante como o livro representa Cecília Gallerani (que da Vinci representa no quadro) e a sua força e coragem ao tentar encontrar o seu lugar no mundo, e na corte de Milão. A sua paixão pela arte e pela cultura são tão bem descritas, fiquei super curiosa por saber mais sobre a sua vida.

“Passei a aceitar que a guerra é inevitável. A beleza é passageira. Só o amor e a arte perduram”

Beyond historical fiction, this book also covers the devastation of war, both to the cities and the people who live through it. It talks about the guilt facing those actively involved – and those who only feel its effects.

Para além de ser ficção histórica, este livro também retrata a devastação da guerra, tanto para as cidades como para as pessoas que por ela passam. Fala do sentimento de culpa que assola quem nela tem um papel activo – mas também para quem só lhe sente os efeitos.

I thoroughly enjoyed reading The Night Portrait – and was really moved by the idea that’s repeated through the book that art gives people something to live for, so it has to be preserved and shared. Isn’t that such a beautiful way to look at the world?

Gostei imenso de ler The Night Portrait – e achei linda a ideia que é repetida ao longo do livro, de que a arte nos dá motivo para viver, por isso deve ser preservada e partilhada. Não é uma forma tão bonita de ver o mundo?

The Night Portrait is out on the 8th September!

The Night Portrait estará à venda a 8 de Setembro!

T x

4 Comments

  1. João Miranda
    18/08/2020 / 9:29 am

    Magnífica apreciação critica de um livro que fico a acreditar que será apaixonante. Recensão escrita de forma objectiva, inteligente e com uma forte sensibilidade, fez-me apetecer a leitura desta obra.

    • alfacinhastories
      Author
      19/08/2020 / 1:56 pm

      obrigada!! 🙂 espero que gostes quando leres!

  2. Olga
    18/08/2020 / 5:25 pm

    Interessante descrição. Aguardo que seja publicado também em português.

    • alfacinhastories
      Author
      19/08/2020 / 1:55 pm

      obrigada! espero que seja, sim, que é um livro muito giro 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.