How I look after my Mental Health

Hi everyone! Hope you’re well ☺

Bom dia a todos! Espero que estejam bem

Yesterday was World Mental Health Day and there were several initiatives to highlight the importance of looking after your mental health, as well as your physical one.

Ontem foi o Dia Mundial da Saúde Mental e com ele surgiram várias iniciativas para chamar a atenção para a importância de tratar da saúde mental, bem como da física.

I’ve mentioned in a couple of posts (here is the latest) that I have struggled with Anxiety for years, and still see a therapist (twice a month) and take medication (daily) to help with it.

Já disse em alguns posts (este foi o mais recente) que há anos que tenho problemas de Ansiedade e ainda vejo o psicólogo (duas vezes por mês) e tomo medicação (todos os dias) para ajudar.

I wish I could tell you it’s always been smooth sailing since I started getting help – but these things never work like that, and that’s ok. It takes time – and it fluctuates!

Gostava de vos poder dizer que desde que comecei a ter ajuda tem sido um mar de rosas – mas estas coisas nunca funcionam assim e isso não faz mal. Leva o seu tempo – e tem altos e baixos!

Context

At the beginning of 2018 I was good: I was content with my life in London, I’d started going to the gym and taking better care of my body, I had a strong support system both in London (with my cousins and friends) and in Portugal (with family and best friends). But then with several events I started feeling overwhelmed, and slowly letting go of things that had helped until then, such as going to the gym, being active, making plans, etc.

Para vos dar uma ideia, no início de 2018 estava bem: estava satisfeita com a minha vida em Londres, tinha começado a ir ao ginásio e a tratar melhor do meu corpo, tinha uma rede de apoio forte tanto em Londres (com as minhas primas e amigas) e em Portugal (com a minha família e as minhas melhores amigas). Mas depois surgiram vários episódios que me deixaram a sentir assoberbada e que me fizeram começar a deixar coisas que me tinham ajudado até aí, como ir ao ginásio, ser mais activa, combinar coisas, etc.

By then I knew to recognise that my Anxiety was getting the better of me – and I asked for more support. I got more sessions in with my therapist, and my doctor recommended we increased medication only slightly, and only for one month, to balance things out.

Por essa altura já conseguia reconhecer que a Ansiedade estava a levar a melhor – e pedi mais apoio. Tive mais sessões com o psicólogo e o meu médico recomendou aumentar a medicação só ligeiramente e só por um mês, para criar mais equilíbrio.

Often my Anxiety feels like those angel/demon versions of a cartoon’s conscience. One is saying things like “oh you’ve already done something wrong, people don’t like you, you’re alone”; whereas the other is more rational and says “ok, easy, you’ve done nothing, they’re busy doing their own thing, you’ve got friends”.

Muitas vezes a minha Ansiedade lembra-me aquelas versões diabo/anjo da consciência dos desenhos animados. Uma diz-me “já fizeste asneira, as pessoas já não gostam de ti, estás sozinha” e a outra, mais racional, diz “ok, calma, não fizeste nada, estão ocupados a fazer as coisas deles, ainda tens amigos”.

But it’s not easy to bring out the rational side – it’s taken time, it takes pausing, breathing and being calm. And other things help loads too…

Mas nem sempre é fácil de dar ouvidos ao lado racional – tem levado o seu tempo, é preciso parar, respirar e estar calma. E há outras coisas que também ajudam imenso…

Support system

Between family I can always talk to, and friends I can be silly around and make plans with, it’s great to know I have support around me. I feel so at ease talking to them and getting their opinions, and their advice, it makes a world of difference.

Entre família com quem posso sempre falar e amigos à volta dos quais posso estar à vontade e com quem posso combinar coisas, é óptimo saber que tenho apoio à minha volta. Sinto-me tão à vontade perto destas pessoas, a pedir-lhes opiniões e conselhos que faz toda a diferença.

Exercise

I’m not a big fan of the gym, that is a fact. But what I did learn this year is that it really helps my mind to relax. I feel so much lighter and motivated when I go to the gym or the pool – even if just for 30 minutes – and my mind feels calmer!

Não sou grande fã do ginásio, é um facto. Mas o que aprendi este ano é que ajuda imenso a relaxar a minha cabeça. Sinto-me tão mais leve e motivada quando vou ao ginásio ou à piscina – mesmo que seja só por meia hora – e a minha cabeça fica logo mais calma!

Books

I had no idea how much getting the Kindle would help with my Anxiety. Sometimes my mind is racing so much that I can’t even focus on a series or a film – and that’s when I find comfort in whatever book I’m reading at the moment. I can sit in silence, with a cup of tea, and just get lost wherever the book takes me. So soothing!

Não fazia idea que comprar o Kindle is ajudar tanto com a minha Ansiedade. Às vezes a minha cabeça está a mil de tal forma que não me consigo concentrar numa série ou num filme – e é nessas alturas que me ajuda pegar no livro que ando a ler. Posso ficar sentada em silêncio, com um chá, e perder-me no mundo para onde o livro me leva. Tão relaxante!

Passions

For me, that’s taking photos, writing and travelling. One thing that always relaxes me and makes me happy is to go out exploring and taking photos. It fills my creative side and I love the feeling of capturing a photo I’m really happy with!When I’m particularly anxious I also love planning for future trips – booking flights, hotels, preparing itineraries, making albums on Instagram of where to go in the new city I’m visiting…it’s so exciting and it takes my mind off any worries.

As minhas paixões são tirar fotografias, escrever e viajar. Uma coisa que sempre me relaxa e deixa feliz é sair e ir passear para tirar fotografias. Dá asas ao meu lado criativo e não há melhor do que a sensação de tirar uma fotografia com a qual fique mesmo satisfeita! Quando estou particularmente ansiosa também adoro planear viagens – marcar voos, hotéis, preparar itinerários, fazer álbuns no Instagram de sítios a visitar na cidade nova que vou visitar…é divertido e distrai-me das preocupações!

Hope you enjoyed reading this post and found it even a little useful. I choose to write about these things because it’s hugely important to know that mental health issues can affect us all!

Espero que tenham gostado de ler este post e que o tenham achado útil. Escolho escrever sobre estas coisas porque é super importante saber que as questões de saúde mental nos afectam a todos!

T x

1 Comment

  1. 14th October 2018 / 12:02 am

    Ora aí estão três paixões que certamente partilhamos! 😉
    Também gosto de planear viagens e nos últimos anos não tenho conseguido. A próxima é à terra de Sua Magestade, que já tenho na lista e ando a adiar há um bom tempinho! 😀

    É super importante ter um sistema de apoio, sempre! Todos passamos por coisas difíceis, mesmo aqueles que muitas vezes nos parecem ser mais fortes e acho que esse apoio das pessoas é mesmo o mais importante de tudo!
    E claro, não pormos de lado o que gostamos de fazer e que nos faz bem (nem sempre é fácil).

    Um beijinho,

    Sofia Garrido • Photographer | Blog

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.