5 things I’m grateful for

Sometimes when I’m having a struggle with myself, my mood or motivation, I need to force myself to think of the good things in my life, and what I’ve achieved and learned. It’s a good mood booster and it does put other things in perspective. It’s not always easy, but it’s worth it. Here’s the list I put together earlier this week.

Às vezes quando estou a ter um dia de baixa auto-confiança, mau humor ou falta de motivação, preciso de me obrigar a pensar nas coisas boas que tenho, e daquilo que já fiz e aprendi. É bom para melhorar a disposição e acaba por também por as outras coisas em perspectiva. Nem sempre é fácil, mas vale a pena. Aqui fica a lista que fiz esta semana.


#1 The best parents in the world // Os melhores pais do mundo

Mum and Dad have given me every opportunity and always had faith in me. They always support and cheer me on (in their own way) – I cannot begin to put into words how important that is.

A minha Mãe e o meu Pai deram-me sempre todas as oportunidades e sempre tiveram confiança em mim. Apoiam-me sempre e dão-me força para seguir em frente (da maneira deles) – não dá para explicar o quão importante isto é.

#2 Where I am // Onde estou

When I was 13 and first came to London I decided I’d live here one day. I am grateful that I have had that opportunity – twice. Leaving London for a while only made the return sweeter and the experience of living here better now (yes, even with all the uncertainty after the Brexit vote). I walk around and find so much to learn, so much beauty in unexpected things and places. I feel so lucky to call this great city my home!

Quando tinha 13 anos e vim a Londres pela primeira vez decidi que um dia queria viver cá. Tenho imensa sorte de ter tido a oportunidade de o fazer – duas vezes. Deixar Londres por uns tempos só tornou o regresso mais doce e a experiência de viver cá agora melhor (sim, mesmo com as incertezas do Brexit). Sempre que saio para passear encontro tanto para aprender e tanta beleza em coisas e sítios inesperados. Sinto-me mesmo sortuda de poder viver nesta grande cidade!

#3 The places I’ve been // Os sítios que visitei

I love travelling. I am curious and love History, so visiting new places and learning about their past is thrilling for me. I’m grateful for the incredible places I’ve already visited, like Paris (my favourite), Rome and New York. I’m glad for the experiences of travel I’ve had with my parents as well – the trip to Monet’s Garden in Giverny and this year’s visit to Rome were absolutely unforgetable and I couldn’t have had better travel companions!

Adoro viajar. Sou curiosa e adoro História, por isso visitar novos sítios e aprender sobre o seu passado é espectacular para mim. Sinto-me grata pelas cidades que já visitei, tipo Paris (a minha preferida), Roma e Nova Iorque. E também me sinto grata e feliz pelas viagens que fiz com os meus pais – a visita ao Jardim de Monet em Giverny e a viagem deste ano a Roma foram absolutamente inesquecíveis e não podia ter pedido melhores companheiros de viagem.

#4 Experiences that shaped me // Experiências que me marcaram

I’m glad for good experiences in my life, such as going to University and then doing a Masters, learning languages, meeting nice people and making friends. But I’m also grateful for bad experiences – they made me grow, and, in a way, helped me appreciate the good times more.

Também me sinto grata pelas boas experiências da minha vida, tipo andar na Universidade e depois fazer um Mestrado, aprender línguas, conhecer pessoas simpáticas e fazer amigos. Mas também estou grata pelas experiências menos boas – fizeram-me crescer e, de certo modo, ajudaram-me a apreciar mais os bons momentos.  

#5 Maintaining long-distance connections // Manter ligações de longa distância

Since leaving Portugal I have relied greatly on the internet to connect with friends and family. I guess I’m really grateful for the technology that allows me to see my parents and to talk to my best friends back home every day. This is absolutely invaluable and hugely improves my life.

Desde que deixei Portugal tenho contado com a internet para me manter em contacto com os amigos e a família. Acho que estou muito grata pela tecnologia que me permite ver os meus pais e falar com as minhas melhores amigas em Portugal todos os dias. Isso não tem preço e melhora imenso a minha vida.

There are so many more things I can think of to be grateful for (yay!) but keeping the post to 5 was a good exercise – might come back next month with some more points!

Há tantas mais coisas pelas quais estou grata (yay!) mas manter o post só com 5 foi um bom exercício – talvez volte a fazê-lo no mês que vem com mais coisas!

What are you grateful for?

Porque é que vocês se sentem gratos?

T x

1 Comment

  1. João Miranda
    18th May 2017 / 2:37 pm

    Muito bom! 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *