Top tips for dealing with Anxiety

In today’s post, I want to discuss Anxiety – I’ll briefly share my journey with it, and things I’ve found really useful in keeping it under control. Hope you like it, and find it helpful 🙂

No post de hoje quero falar-vos de Ansiedade – vou partilhar um a minha história com ela e também algumas dicas que me têm ajudado a mantê-la sob controlo. Espero que gostem e achem útil!


My Story // A minha história

A couple of years ago, I reached a point where it became obvious that I needed to get help with my Anxiety issues. I’d been dealing with it for a while, but always brushed it aside thinking I was simply unhappy with one thing or another.

Há uns anos, cheguei a um ponto em que se tornou óbvio que eu precisava de ajuda com os meus problemas de Ansiedade. Já tinha estado a sofrer com isto há bastante tempo, mas não liguei muito, pensando que estivesse só triste com uma coisa ou outra.

There were way too many tears and feelings of hopelessness and finally I decided to start seeing a therapist. This helped me immensely, and continues to do so as I still talk to my therapist every two weeks via Skype.

Depois de muitas lágrimas e sentimentos de desespero, finalmente decidi comecar a ver um psicólogo. Isto ajudou-me imenso, e continua a ajudar já que ainda falo com o meu psicólogo por Skype.

Aside from seeing a therapist, and after a particularly difficult period spent in Paris, I was also given medication. Now, this is important: when it was first mentioned, I panicked. I didn’t know what it would do to me, I didn’t want to be just a shell of a person, apathetic, etc.

Para além de ver um psicólogo, e depois de um período particularmente difícil em Paris, também me foi dada medicação. Isto é importante: quando me falaram na hipótese de tomar medicamentos, entrei em pânico. Não sabia os efeitos que teria em mim, não queria ficar apática e apagada, etc.

It took a lot of talking to my cousin F (who is a trained clinical psychologist), my therapist and my doctor to make me see that the fear came from stigma and not reality. I was afraid, but the truth of the matter is it helped me greatly. I see things more rationally and have less peaks and valleys of stress and panic when things go pear-shaped.

Foram precisas muitas conversas com a minha prima F (que é psicóloga clínica), com o psicólogo e com o médico para eu perceber que o medo vinha do estigma associado às doencas mentais, e não à realidade. Tive medo, mas a verdade é que me ajudou imenso. Vejo as coisas de forma bem mais racional e tenho menos altos e baixos de stress e pânico quando as coisas não correm da melhor maneira.

Aside from those two more medical things, there are others I have found that really help me keep Anxiety in check. I thought I’d share them with you today.

Tirando estas duas coisas mais médicas, há outras que me tem ajudado imenso a manter a Ansiedade sob controlo. Hoje partilho-as convosco.

Keep a routine // Ter uma Rotina

I like having a routine when I’m home, either in the morning getting ready, or in the evening winding down for bed. The rituals are the same on a daily basis (weekends aside) and that helps me relax. I also like knowing that Sundays are my days to clean and tidy the flat, cook for the week and then be lazy with a good film or book and a warm cup of tea. Having these moments helps me keep stress-free.

Gosto de ter uma rotina quando estou em casa, seja a arranjar-me de manhã, ou à noite a preparar-me para dormir. Os rituais são sempre os mesmos (tirando os fins-de-semana) e isso ajuda-me a relaxar. Também gosto de saber que os domingos são para limpar e organizar a casa, para cozinhar para a semana e depois preguiçar com um bom filme ou livro e uma chávena de chá quente. Ter estes momentos ajuda-me a estar menos stressada.

Be creative // Usar a criatividade

This blog has helped me a lot. I have an office job that is very Excel based and that doesn’t quite allow for a lot of creativity. And although I enjoy my job and am good at it, sometimes it’s good to have an escape. So writing about things I enjoy, taking photos, editing, etc. really gives me a mood-boost and keeps me motivated and happy!

Este blog tem-me ajudado muito. Tenho um emprego de escritório que é muito baseado no Excel e não deixa grande espaço para a criatividade. E apesar de gostar do meu trabalho e saber que o faço bem, às vezes sabe bem ter um escape. Por isso escrever sobre coisas de que gosto, tirar fotografias, editar, etc melhora a minha disposição e mantém-me motivada e feliz!

Be social // Ser sociável

As an only child and an introvert, I am very used to, and very happy being alone. But one thing that’s helped me feel happier and more relaxed is spending more time with family and friends. Meeting my UK based family and seeing my good friends in London and in Portugal more often has made me feel more connected, and a lot less lonely. This is irreplaceable.

Como filha única e introvertida, estou habituada e gosto de estar sozinha. Mas uma coisa que me tem ajudado a sentir-me mais feliz e relaxada é passar tempo com a família e amigos. Encontrar-me com a família que tenho aqui no UK e ver os meus bons amigos em Londres e em Portugal mais vezes tem-me feito sentir mais ligada às pessoas, e muito menos sozinha. Isto é insubstituível!

Plan // Ter um plano

Having a plan seriously helps. For what you want to do that day, that week, month, year, whatever. It gives you a clear picture of what needs doing and can also give you something to look forward to. For example I’ve planned a short trip to Paris at the end of March, and another to Lisbon for a festival in July, and am keeping them in my mind as good things I have to look forward to.

Fazer um plano ajuda bastante. Para o dia, a semana, mês, ano, o que for. Dá uma ideia mais clara daquilo que é preciso fazer e também pode dar uma espécie de luz ao fundo do túnel, uma coisa pela qual estamos ansiosos e que nos ajuda a andar para a frente. Por exemplo, eu tenho uma viagem a Paris no fim de Março e outra a Lisboa em Julho para um festival e lembrar-me delas dá-me motivação.

Talk // Falar

Surround yourself with understanding people that you can truly trust and when you’re feeling down or more anxious, talk to them about it. Always good to voice what is bugging you! It helps me loads.

É importante rodearmo-nos de pessoas compreensivas e em quem possamos confiar e, quando nos sentimos mais em baixo ou ansiosas(os), falar com eles sobre isso. É sempre bom expressar o que nos preocupa! Ajuda-me imenso.

Exercise and eat well // Exercício e comida saudável

To practice self care is also a huge help. For me what works best is to go for a walk, or exercising a bit on my mini-stepper (I’m still not used to it!). I also really enjoy cooking, and taking care of what is going into my food and how it’s prepared!

Tomar cuidado de nós também é uma grande ajuda. Para mim o que funciona melhor é andar, ou fazer um bocadinho de exercício no mini-step (ainda não estou habituada!). Também gosto muito de cozinhar e ter atenção aquilo que ponho a comida e como é preparada!

Donate // Contribuir

I’ve benefited greatly from having a therapist to talk to, and family who understands the importance of mental health. Not everyone gets that, so charities like Mind are super important. I’ve donated to them before and have set up a monthly £5 donation from March. Hopefully this will be a tiny part in providing better support and ending the stigma that still surrounds mental illness.

Ter um psicólogo com quem falar tem-me ajudado imenso, e também tive sorte de ter uma família que compreende a importância da saúde mental. Nem toda a gente tem isso, por isso organizações de solidariedade como a Mind no Reino Unido são super importantes. Já contribuí para eles e agora estabeleci uma contribuição mensal de £5 a partir de março. Espero que possa ser uma ajuda pequenina para dar mais apoio e permitir acabar o estigma que ainda anda à volta das doenças mentais.

Hope you found this post helpful. If you (or one of your friends/loved ones) has suffered from Anxiety, let me know what your tips are for keeping it in check…

Espero que tenham gostado deste post. Se vocês (ou alguém próximo) já tiverem lidado com Ansiedade, digam-me as vossas dicas para a controlar…

T x

6 Comments

  1. João Miranda
    5th February 2017 / 10:16 am

    Falar com natural tranquilidade sobre estes assuntos é um “giant leão”. Muito bom!

  2. João Miranda
    5th February 2017 / 10:17 am

    Leap *

  3. Brigi
    5th February 2017 / 10:47 am

    I think anxiety is becoming bigger and bigger of any issue every day… What helps me most is as simple as breathing – do yoga or at least the breathing part of it. the ocean breathing is amazing, does miracles!! also, a 30 mins yoga nidra in the morning or evening is the best “happy pill” – just youtube it.
    Still have ups and downs but ups are now in majority 🙂

    • alfacinhastories
      5th February 2017 / 10:53 am

      Will definitely look it up – Thanks Brigi 🙂 It’s true, learning how to breathe properly does really help!

  4. Bi
    5th February 2017 / 5:25 pm

    Importante post e corajoso também 🙂 Pedes dicas e da minha já te falei : “die angst macht den wolf größer als er ist”…

  5. Ana
    5th February 2017 / 9:03 pm

    Eu já fui muito ansiosa (inclusivé fui parar ao hospital com uma dor no peito que não era mais do que uma crise de pânico / ansiedade).
    Como disseste a rotina ajuda imenso – por isso adoro trabalhar!
    Mas para mim também ajuda muito racionalizar as situações, viver o dia a dia e não me preocupar com o que não Consigo controlar (como por exemplo o brexit )
    always look to the bright side of life!
    Beijo muito grande prima do coração ❤️!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *